Pequeno Príncipe integra Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência

A SBPC é considerada a mais influente organização a reunir pesquisadores do país

Pela sua atuação com relação direta ao desenvolvimento da ciência, tecnologia e inovação, o Complexo Pequeno Príncipe foi convidado a se tornar sócio institucional da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), considerada a mais representativa organização da comunidade científica brasileira. Desde a sua fundação, em 1948, a entidade civil, sem fins lucrativos ou posição político-partidária, exerce um papel importante na expansão e no aperfeiçoamento do sistema nacional de ciência e tecnologia, bem como na difusão e popularização da ciência no país.

pesquisa e a ciência fazem parte da missão institucional do Pequeno Príncipe. Isso se reflete nas atividades diárias do Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe e suas sete linhas de pesquisa; do Núcleo de Pesquisa Clínica do Hospital Pequeno Príncipe; e dos programas de pós-graduação em Ensino de Ciências da Saúde e em Biotecnologia Aplicada à Saúde da Criança e do Adolescente oferecidos pela Faculdades Pequeno Príncipe.

O Pequeno Príncipe passa a ser o segundo sócio institucional da SBPC, depois do Centro Alemão de Ciência e Inovação (DWIH), que se associou em 2019. “Para nós, associarmos à SBPC é continuar construindo colaborações e parcerias com quem contribui para o desenvolvimento científico e tecnológico, além de disseminar as pesquisas e defender aqueles que a produzem. Ao olharmos para a nossa história centenária nos orgulhamos de iniciativas inovadoras que consolidaram o pioneirismo do Hospital em diversas áreas, desde procedimentos de grande porte em pacientes pediátricos, novas formas de diagnóstico e tratamento como também práticas humanizadas, entre outras tantas inovações”, afirma o diretor corporativo do Complexo Pequeno Príncipe, José Álvaro da Silva Carneiro.

Sobre a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência
Sediada em São Paulo, está presente nos demais estados brasileiros por meio de Secretarias Regionais. A SBPC representa mais de 160 sociedades científicas associadas e conta com mais de 5 mil sócios ativos, entre pesquisadores, docentes, estudantes e cidadãos brasileiros interessados em ciência e tecnologia.

O órgão participa ativamente de debates sobre questões que determinam os rumos das políticas de ciência, tecnologia e inovação (CT&I) e da educação no Brasil. Tem assento permanente no Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia (CCT), órgão consultivo do Governo Federal para definição das políticas e ações prioritárias no campo da CT&I. Possui representantes oficiais em mais de 20 conselhos e comissões governamentais. Periodicamente institui grupos de trabalhos – compostos por cientistas renomados em suas especialidades – com o objetivo de estudar e apresentar propostas para questões específicas de interesse nacional.

Anualmente, realiza diversos eventos, de caráter nacional e regional, com o objetivo de debater políticas públicas de CT&I e difundir os avanços da ciência. Por meio das Secretarias Regionais, são realizadas ainda outras atividades de difusão científica. A entidade também contribui para o debate permanente das questões relacionadas à área por meio de diversas publicações, como o Jornal da Ciência, a revista Ciência e Cultura, o portal na internet, e a edição de livros sobre temas diversos relacionados à ciência brasileira.

Fonte: https://pequenoprincipe.org.br/noticia/pequeno-principe-integra-sociedade-brasileira-para-o-progresso-da-ciencia/.